domingo, 8 de janeiro de 2017

Policial Civil é ameaçado de morte por traficante em Ilhéus e recebe prazo pra deixar residencia

BOCÃO     21:54     0
A paz e tranquilidade na Av. Princesa Isabel e ruas circunvizinhas, a exemplo do Alto da Cascalheira, foi trocada pela angústia e medo. O tráfico de drogas tomou conta da localidade, compelindo toque de recolher, e nem a polícia intimida mais a violência praticada pelas facções criminosas.
Desencadeados por uma guerra entre o PCC e o Raio A – pelo comércio de ilícitos na localidade, os tiroteios já se tornaram constantes.
Neste sábado (07), o investigador da Polícia Civil e vice-presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia – SINDPOC, Eustácio Lopes de Oliveira Filho, foi ameaçado de morte por Alexander Silva Rios, vulgo Léo Cyclone, chefe do tráfico de drogas do alto da Cascalheira.
Segundo o investigador da polícia em depoimento na DP, as ameaças são devido a sua residência ficar na mesma Rua que Léo residente, e sua presença vem atrapalhando o comércio ilícito de entorpecentes na localidade. Léo Ciclone afirmou que caso o policial não se mude com a família, vai invadir a residência com sua quadrilha e executar todos.
Léo tem varias passagem pela polícia por tráfico de drogas, porte de arma ilegal, e roubo a mão armada.
Vale lembrar que em 2012, o policial militar Alessandro Lima dos Santos foi executado a tiros por dois homens na mesma localidade. 

Fonte: Blogagravo

“Cidade Segura” une prefeitura e Estado

BOCÃO     09:47     0
07/01/17 - Encaminhado por Daniel Almeida: A Prefeitura de São Paulo e o Governo Estadual articularam no início da noite desta sexta-feira (6) a primeira ação do programa “Cidade Segura”. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) apoiou a ação com 12 guinchos, deixando um em cada local e outros dois no apoio.

A medida tem o objetivo de identificar motoristas que estejam alcoolizados, além de veículos roubados, sem a documentação em dia ou que não estejam em condições de trafegar.
Fonte/imagem: Secretário de Segurança Urbana

“O nosso objetivo é tornar São Paulo mais segura, com essa ação integrada entre o Governo do Estado e a Prefeitura, para melhorar os procedimentos em ações articuladas e conjuntas para atender a população”, afirmou o prefeito João Doria.

Viatura de Ronda Disciplinar Oficial GCM em apoio a operação

A cada semana, ações semelhantes serão realizadas em diferentes pontos da cidade e em dias e horários alternados. “Será uma operação rotineira, esta que era uma operação derivada da Operação Direção Segura, que o Governo do Estado realizava envolvendo a Secretaria de Segurança Pública e o Detran, e nós passamos a contar com o apoio imprescindível da CET, que é quem coordena o trânsito na capital”, disse o secretário estadual da Segurança Pública, Mágino Alves.

O anúncio foi feito na Avenida Jorge João Saad, na zona sul com o efetivo de 92 homens. Ao mesmo tempo, outras blitze eram realizadas no Parque da Juventude (zona norte), Avenida Atlântica (zona sul) e na Marginal Tietê. Outros 12 pontos serão montados ao longo da madrugada. No total, são mais de 300 pessoas envolvidas na operação.

O “Cidade Segura” conta com equipes da SSP, com as polícias Militar e Civil. Além dos guinchos da CET, a Prefeitura irá integrar as equipes de apoio, com a Guarda Civil Metropolitana (GCM) e a estrutura da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT). Fonte: Prefeitura de São Paulo.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Guarda Municipal de São José SC, elege primeira comandante mulher da corporação

BOCÃO     20:48     0

Pela primeira vez na história da Guarda Municipal de São José SC.  Uma mulher foi eleita como a comandante da corporação. Com 1.62 metros de altura e 52 quilos, morena de cabelos longos e um sorrisão aberto, Priscila Godinho, 28 anos, desde 4 de janeiro está coordenando o trabalho de 120 guardas municipais. 

Na Guarda Municipal desde os 19 anos, a nova comandante nunca demonstrou medo do trabalho. Foi a mais votada na eleição para o cargo, primeira desde a criação da Guarda em 2004, e mesmo pequeninha e aparentemente frágil e sensível, Priscila é a prova de que aparência ou gênero não fazem diferença quando se tem força de vontade. 

Já nos primeiros dias de trabalho, a comandante planilhou todos os guardas disponíveis e quer deixar a maior parte deles na rua, fazendo rondas escolares, blitz e orientação de trânsito. Também diz que reforçou o serviço de transporte social, uma ambulância que desloca pacientes estáveis e carentes até os hospitais e clínicas de São José sem nenhum custo. A capacidade é para cinco a seis pacientes por dia e o agendamento por ser feito pelo telefone 153.

O que a Guarda Municipal pode e deve fazer- utilizar armas de fogo nas ocorrências quando for preciso;

- multar motoristas infratores;

- prender em flagrante e encaminhar à delegacia pessoas que estejam cometendo algum delito, seja no trânsito, contra ao patrimônio ou População;

- fiscalizar o trânsito com blitz e rondas diárias;

- realizar ronda escolar, preservando a segurança dos estudantes na entrada e saída das escolas;

- contribuir com a organização do trânsito em eventos e datas especiais nas quais ruas a avenidas precisam ser fechadas;

- contribuir com assistência social e defesa civil em situações como: vendavais e enchentes;

- assegurar a integridade do patrimônio público. 

ENTREVISTA COM A NOVA COMANDANTE:

história da nova comandante

Infância: Nasci em Gravataí, tenho 28 anos, sou filha de Eliete, funcionária do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, e de Adão, caminhoneiro autônomo. Tenho três irmãos, Patrícia,15 anos, Raíssa, 7 anos e Cauã 3 anos.Com um ano de idade meus pais se mudaram para Sombrio, no Sul do Estado.

Preferências: Em 2001, quando estava com 16 anos, minha mãe foi transferida para o Fórum de São José e eu e minha irmã viemos juntas com ela. Na escola (ainda em Sombrio), sempre fui organizadora da gincana, capitã do time de futebol, criadora das coreografias, essas coisas. Sempre gostei muito de dançar, participando de concursos e grupos de dança. Agora apenas faço aulas na academia e também musculação, gosto muito de lutas. Já pratiquei por muitos anos a capoeira e, por menos tempo, o taekwondo. Essas me ensinaram muito sobre o respeito ao próximo, a lidar com situações que fogem do seu controle, com estresse, a superar limites, e principalmente, a nunca dizer "eu não consigo" e sim, "eu vou tentar".

Estudos: Terminado o ensino médio em São José iniciei alguns cursinhos preparatórios para concurso, aconselhada por minha mãe. Em 2004, quando a Guarda Municipal de São José foi criada, ela ficou sabendo do concurso público e acabou me inscrevendo. Eu sequer sabia o que era uma Guarda Municipal. Após ler o edital e a lei de criação comecei a me interessar e me empenhei em estudar. Quando recebi a notícia da aprovação na prova intelectual fiquei muito feliz, e então, comecei os preparativos para a prova médica e física. Fui aprovada em todos os testes e em 27 de agosto de 2004 fui nomeada, iniciando o curso de formação para os 80 agentes aprovados (30% eram mulheres).

Treinamento: Este curso foi muito intenso, com aproximadamente 12 horas de aula por dia, por cinco meses, com diversos assuntos, entre eles, a legislação de trânsito, direitos humanos, primeiros socorros, moral e ética, armamento e tiro, defesa pessoal, direção veicular, identificação veicular, combate a incêndio, abordagem a pessoa, defesa civil, entre outros. Após a conclusão do curso tive certeza que a área de segurança era a carreira que eu gostaria de seguir. 

A agente de 19 anos: Na guarda desempenhei funções em diversos setores. Inicialmente na ronda do trânsito e do patrimônio. Mais tarde comecei as funções na central de rádios, local onde o agente faz a triagem das ocorrências que chegam pelo telefone 153 e gerencia as viaturas em serviço. 

Em 2010 desenvolvi um projeto de ronda patrimonial e passei a aplicá-lo com outro agente e em 2012 fui nomeada inspetora da ronda escolar e coloquei o projeto em prática com um grupo maior. 

Participei ativamente da primeira greve da guarda municipal e por ter este perfil assumi a presidência de nossa associação em 2008.

O noivado: Meu noivo também é Guarda Municipal. Entramos juntos em 2004, mas somente em 2007 passamos a nos interessar um pelo outro. Planejamos casamento e filhos após terminarmos a faculdade de direito em 2015. No trabalho nós separamos muito bem os papéis e não deixamos o sentimento intervir. Evitamos trabalhar na mesma equipe. 

A posse: No dia 28 de dezembro foi realizada a eleição, onde todos os guardas municipais puderam votar e serem votados. Tivemos 79 eleitores e quatro candidatos mais votados, eu fiquei em primeiro lugar com 25 votos.

Ao chegar ao gabinete da prefeita, recebi a notícia de que eu seria a nova comandante. Ela me deu carta branca para administrar a guarda com uma única solicitação "fazer um ótimo atendimento à população." 

Postura: Acredito que competência não se defina por gênero, e sim por capacidade. O fato de eu ser mulher não trará nenhum problema. Desempenharei minhas funções com seriedade e da melhor maneira possível, afinal, eu escolhi esta profissão e a amo demais. 

O BLOG:  GUARDA MUNICIPAL/ POLICIA MUNICIPAL deseja muitas felicidades a nossa companheira de farda, que Deus ilumine os seus passos.

domingo, 25 de dezembro de 2016

FELIZ NATAL 2016 2017 LINDAS CANÇÕES DE NATAL COM ANIMAÇÕES

BOCÃO     18:17     0

domingo, 16 de outubro de 2016

Nel do Bar Vereador de Itabuna-Ba afirma estar montando uma equipe técnica

BOCÃO     19:25     0
Em entrevista exclusiva, o vereador Nel do Bar explica como será seu trabalho no legislativo Itabunense.

Manoel Farias da Silva ( Nel do Bar ) Natural de Itabuna, 51 anos de idade, eleito pelo PPS em 2016 para o cargo de vereador com 1098 votos. Pessoa humilde, batalhadora e bastante querido em sua comunidade Nel alcança pela primeira vez uma das 21 vagas da câmara de Itabuna.   

BA Noticias - A sua vitória Foi uma surpresa? 

Nel do Bar - Não, pois já havia batido na trave em 2012, quando obtive um numero expressivo de votos, o que já demostrava a minha aceitação pelo povo. Durante a campanha deste ano, fiquei ainda mais confiante quando realizamos a carreata, na qual pudemos perceber a adesão dos Itabunenses em peso, pessoas apareciam espontaneamente de todos os lados para nos acompanhar. É indescritível a emoção que senti naquele dia.

BA Noticias - É a sua primeira vez na câmara. Como você pretende superar a sua inexperiência? 

Nel do Bar - Ter experiência não é garantia de bom trabalho, é só observar o cenário politico nacional, como há uma grande rejeição dos políticos já bastante conhecidos, que com suas vastas experiências não foram capazes de resolver os problemas do povo. 

Estou compondo uma equipe técnica com conhecimento na área jurídica, contábil, politica e administrativa, que me dará o suporte para uma atuação eficaz no legislativo. Contudo, esse grupo além da qualidade técnica, terá responsabilidade, imparcialidade, escrúpulo e honestidade, pois, já estamos cansados de ver pessoas que usam sua inteligencia para o mal. Se tem uma coisa que ninguém pode me acusar, é a minha reputação, sou pessoa de boas intenções e luto pelo povo. Isso pesa muito!

BA Noticias - O presidente da câmara poderá assumir o executivo até que se resolva o impasse do atual momento. Você almeja a presidência? 

Nel do Bar - Fui eleito vereador, independente de estar presidente ou não, todavia, se houver indicação por parte dos meus pares , estarei pronto para servir aos Itabunenses nesse momento tão delicado da politica local.

Na verdade, como bom Itabunense que sou, torço para que tudo se resolva o mais rápido possível, pois os eleitores não merecem ser penalizados por tudo que está acontecendo.

BA Noticias - Caso mala preta. Houve realmente a proposta?

Nel do Bar - Não, não houve; na verdade houve um equívoco na informação, as minhas palavras foram mal interpretadas, visto que, fui indagado se eu teria recebido alguma proposta de mala preta, ao que respondi: que ainda que me oferecessem uma maleta com duzentos mil reais, eu jamais me venderia, pois, estaria indo contra os meus princípios e a tudo que sempre acreditei, não posso trair quem confiou em mim, aqueles que me elegeram. 


BA Noticias - Vossa Senhoria ficou chateado com quem publicou os boatos da suposta mala?

Nel do Bar - Não, pois mesmo havendo equivoco acerca do que disse, essas publicações só mostraram a minha idoneidade moral, a minha honradez e probidade. Deixou claro que não me vendo e que não sou corrupto, tenho princípios que me foram transmitidos por meus pais.

Estou bem tranquilo, bem assessorado,  tenho conhecimento do que diz a lei 13188/15, lei que me garante o direito de resposta sem excluir uma futura ação de reparação por dano moral, mas como disse, apesar do mal entendido não me senti prejudicado, por isso, quero até agradecer a essas pessoas que mostraram a minha retidão nos veículos de comunicação.

BA Noticias - Vossa Senhoria já tem algum projeto em mente? quais são eles?

Nel do Bar - Sim, não só projetos mas diversos requerimentos, pois vamos tentar de imediato conseguir que o executivo nos ajude na manutenção de estruturas de alguns órgãos públicos indispensáveis ao cotidiano da população, como os postos de saúde e algumas escolas. 

Os projetos no entanto não é hora de revelar, mas posso garantir que vocês verão propostas para a saúde, o esporte e lazer, Transporte nós temos um projeto bacana, ainda temos a educação com a fomentação à cultura local nos bairros. Achou muito? É porque a minha equipe chegou para trabalhar. 

BA Noticias - Está franqueada a palavra para considerações finais

Nel do Bar- Quero agradecer a Deus que me proporcionou essa vitória, relembrar a frase tema de minha campanha:" a luz que Deus acende só ele apaga", dedicar o feito à minha família, meus amigos e todos àqueles que confiaram e votaram em mim. A minha vereança será voltada para o povo, vamos fazer a diferença, vou fiscalizar, propor e requerer o que for preciso e ao final dos próximos 4 (quatro) anos, tenho a certeza de que meus eleitores dirão: estou contigo novamente Nel.

Fonte: https://bahiaenoticias.blogspot.com.br/2016/10/vereador-de-itabuna-ba-nel-do-bar.html

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

PT reúne especialistas para discutir novo modelo de segurança pública para Brasil

BOCÃO     22:10     1
O partido, juntamente com a FPA e com a Fundação Frederic Ebert (FES), da Alemanha, realizará, nos dias 3 e 4 de dezembro, em Belo Horizonte, um grande debate sobre segurança pública no Brasil

Por: Agência PT, em 29 de outubro de 2015 às 14:35:21
Com apoio da Fundação Perseu Abramo e da alemã Fundação Frederic Ebert (FES), o Partido dos Trabalhadores (PT) promoverá, nos dias 3 e 4 de dezembro, em Belo Horizonte, um grande debate sobre segurança pública no Brasil.
Sob coordenação da vice-presidente nacional do partido Gleide Andrade, o Colóquio de Segurança Pública pretende retomar o tema com o objetivo de, segundo ela, aprofundar e oferecer um modelo de segurança pública que atenda aos brasileiros.
“O modelo que adotamos até hoje é o mesmo desde que o Brasil virou República”, situa a dirigente do PT, para quem o padrão existente está bem aquém do internacional e distante das necessidades nacionais.
“O Brasil merece muito mais que isso”, acrescenta, referindo-se à imperativa necessidade de tornar os órgãos de controle e segurança nacionais mais democráticos e de destinar investimentos compatíveis ao aperfeiçoamento e atualização do setor.
“Queremos um novo modelo de segurança à altura do nosso povo”, reforça Gleide.
Especialistas do setor, como Luís Eduardo Soares, Michel Misse e Luís Antônio Bouldens, da Federação Nacional de Policiais Federais, estão entre os palestrantes e mediadores que vão participar da agenda de debates.
Gleide informa que os temas da programação são amplos, variados e com viés internacional, para que as reflexões do encontro resultem uma nova política de segurança pública para o país. Foram convidados especialistas estrangeiros especialmente para um dos painéis do encontro.
“Queremos sair do evento com ampla base teórica para que possamos aprovar uma política à altura do governo que construímos em 13 anos”, insiste.
Gleide destaca entre os temas sob análise a proposta de se rever o inquérito policial, a desmilitarização das forças policiais, aplicação de padrões de investigação modernos e uma abordagem atualizada do combate à corrupção.
“A maioria dos países do mundo já se libertaram do inquérito policial. Já é hora de pôr fim a ele”, observa.
“As vagas são limitadas a 200, divididas entre os estados, para público prioritariamente de simpatizantes e militantes. Os interessados podem se inscrever eletronicamente ou contatar os diretórios de Minas ou estaduais do PT, além do PT Nacional”, orienta.
Faça a inscrição online aqui.
Veja a Programação completa e o perfil dos especialistas que participarão dos debates.
Por Márcio de Morais, da Agência PT de Notícias

E-mail Newsletter

Sign up now to receive updates from us.

Publicidade

Advertise

Gm Noticias

Facebook Profile

© 2014 GM NOTICIAS. Designed by Bloggertheme9 | Published By Gooyaabi Templates.
Proudly Powered by Blogger.